“Eu te amo. Soube no momento que te conheci.”
O Lado Bom da Vida  (via supostos)

“Eu sinto saudade. Apenas isso. Não tenho como controlar. Vi uma foto sua e sorri. Sorri um sorriso que me transportou para o passado, para onde tudo era sereno e seguro. Sinto falta de deitar no seu colo, lá eu sabia que tudo tinha jeito. Que tudo tinha saída, solução. A sua risada doce e sincera eram garantias de que tudo ia dar certo.”
Clarissa Corrêa.  (via acumulou)

“Pense bem antes de dar adeus. Eu conheço esse caminho e geralmente não tem volta.”
Efeito Colateral. (via supostos)

“Amar é isso, não desistir da pessoa quando até mesmo ela já desistiu.”
Evidencias (via me-ame-de-verdade)

“O que estou querendo dizer é que tem horas que você precisa botar tudo pra fora. Toda a raiva. Toda a dor.”
John Green      (via mudesuamente)

“O tempo não cura tudo. Aliás, o tempo não cura nada, o tempo apenas tira o incurável do centro das atenções.”
Martha Medeiros.  (via acumulou)

“E pra te falar ainda mais a verdade, eu acho mesmo que você foi o príncipe que eu esperei a vida inteira. Porque eu te juro, de todas as coisas do mundo, eu só queria olhar pra você. Eu escolheria você. Se me dessem um último pedido, eu escolheria você.”
Tati Bernardi.   (via romantizar)

14-5-11:

"Se não falas comigo é porque não sentes minha falta, então nada mais justo, que retribuir da mesma forma."


“Tem coisas que a gente só sente, sente e sente demais. Muitas vezes eu gostaria de ser uma daquelas pessoas frias que não se importam com ninguém em sua volta, uma daquelas pessoas que são capazes de tudo pra ter o que querem, as vezes eu realmente gostaria de ser assim mas eu não consigo. Eu não sei qual o meu problema, mas eu me importo demais com os outros, sou daquele tipo de pessoa que sofre quieto, que gosta de atenção, que só queria receber um certo carinho, só queria ser alguém pra alguém, mas com tantas coisas que acontecem você vai desanimando. Muitas vezes você carrega tantas mágoas no peito que fica difícil seguir. Mas algumas coisas valem mais a pena você colocar em um baú dentro de você, do que explodir com a primeira pessoa que passa na sua frente. Você finge que não viu, que não sentiu, que não sabe. Só que dói, dói e muito, mas é que tem horas que esse baú enche, que ele transborda e então essas memórias mesmo que guardadas resolvem sair, acabam fazendo justamente o que você não queria fazer, acabam saindo pelos seus olhos e você se vê fazendo isso novamente.”
— Gabriel Sander   (via repouse)

“Talvez teria dado certo. Talvez se eu fosse mais compreensivo ou tentasse ouvir mais. Talvez se eu não desse importância aos detalhes pequenos ou se tivesse falado tudo que eu tinha vontade. Talvez se eu não tivesse me apegado ou se eu não tivesse respondido o seu primeiro oi. Talvez teria dado certo, ou não.”
— Gabriel Sander   (via repouse)